Vem aquela velha sensação. A que me faz respirar com dificuldade. A visão começa a turvar e as lágrimas pedem para se jogar. Um som que tem o poder de me transportar para uma brecha escura e úmida no passado. Que traz todo aquele torpor, aquela dor. Me fez tão mal. Me faz tão mal. Infelicidade gritando no meu ouvido e eu completamente incapaz de dizer: Ei, se manda, pô!
Perdi até a cadência das coisas. Perdi a coragem. É esse idiota socando o peito como se o passado estivesse aqui novamente. Apavorando minha mente, adormecendo a razão. São os acordes mais sofridos, mas doloridos, exalados como perfume letal. Como droga. O som é Loser. E eu mudo a estação.
Eu só queria um abraço seu. Eu só preciso de você aqui, pra dizer que o mal está trancado lá fora. Mas agora não dá. Tenho que domar a loucura e ficar assim...Here without you, baby.

Comentários

Postagens mais visitadas